Grupo francês quer descriminalizar nudismo em locais públicos

Uma associação na França quer descriminalizar a prática do nudismo em espaços públicos como parques, florestas e montanhas.

A intenção da Associação para a Promoção do Naturismo em Liberdade (Apnel, na sigla em francês) é fazer com que a nudez deixe de ser caracterizada como exibicionismo sexual, pelo menos fora dos centros urbanos.

“Queremos que os naturistas não sejam mais obrigados a freqüentar somente colônias de férias especializadas, onde eles ficam limitados a um espaço geográfico preciso”, disse à BBC Brasil Sylvie Fasol, presidente da Apnel.

O exibicionismo sexual em qualquer lugar acessível aos olhares do público é considerado crime pelo Código Penal francês e a prática prevê pena de um ano de prisão e 15 mil euros de multa (cerca de R$ 22 mil).

“A lei francesa é ambígua. Uma pessoa que caminha nu em um espaço público não deve ser classificada obrigatoriamente de exibicionista sexual. Queremos que a nudez se torne algo banal”, diz a presidente da Apnel.

Direitos

Os membros da associação esclarecem que não estão reivindicando o direito de caminhar nus pelas ruas das cidades, mas desejam fazer passeios e caminhadas por trilhas em campos e montanhas, mesmo em áreas turísticas, sem correr o risco de serem presos.

Fasol conta que a Apnel foi criada há cerca de um ano justamente para prestar auxílio financeiro a uma pessoa que havia sido presa por passear nu na natureza.

Atualmente a associação conta com 110 membros que pagam a anuidade, além de vários simpatizantes do movimento que participam dos eventos realizados pelo grupo.

Entre as atividades elaboradas pela Apnel estão vários passeios na natureza organizados anualmente por diferentes membros da associação, espalhados por toda a França. As atividades ocorrem entre os meses de abril e outubro, quando as temperaturas permitem a prática do nudismo.

Alguns membros da organização já foram abordados pela polícia militar durante esses passeios. “Mas como estávamos em família, havia inclusive crianças, ninguém foi preso”, conta Fasol.

Público

A presidente da associação afirma que de forma geral, a reação do público ao encontrar com os nudistas durante essas caminhadas – chamadas de “têxteis” pelos ativistas – é de surpresa e estupefação, mas ela afirma que nunca houve nenhum tipo de incidente.

“Não nos escondemos deles na primeira moita que aparece, mas nos apresentamos e explicamos os objetivos do nosso movimento. De qualquer forma, temos sempre uma peça de roupa ao alcance da mão em caso de necessidade”, diz ela.

“Dialogamos com as pessoas que encontramos durante os passeios e sentimos, de uma forma geral, que o público está disposto a aceitar essa forma de liberdade”, afirma a presidente da Apnel.

BBC BRASIL

Equipe OS NATURISTAS

Um BLEND para você ficar bem informado em breve aqui.

True Blood na Capa da Rolling Stone

Esta capa tem dado o que falar

Os fãs de “True Blood” terão a oportunidade de ler uma entrevista exclusiva com os atores da série e com Alan Ball na revista Rolling Stone. O responsável pela adaptação dos livros de Charlaine Harris fala sobre a série, que associa vampiros ao sexo, e diz não dar a mínima para os estudantes, por considerá-los irritantes e desinformados.  A edição só estará disponível no dia 20 de agosto mas, até lá, os fãs podem apreciar as fotos já divulgadas pelo site da revista.

Equipe OS NATURISTAS

Um BLEND para você ficar bem informado em breve aqui.

 

O que é que Naturismo tem a ver com amoras?

Pois bem… assim numa primeira análise e numa resposta rápida, podemos responder que “comer amoras ao natural é bom!”.

Sim, é bom comer amoras ao natural… mas estamos a falar das amoras em estado natural, ou de quem as come em estado natural?
Muitos pensarão que serão as amoras em estado natural, mas haverá muitos outros que pensarão que será quem as come… pois é… podem perfeitamente ser as duas coisas!

E sabem quem me ensinou isto? -Que não é nada por aí e além difícil de aprender – Foi a minha mãe!
E não foi numa perspectiva de: “podem-se comer amoras em estado natural, estando nós próprios em estado natural”… Não, não… e até porque a minha mãe não é naturista! O que ela me ensinou, aí desde os meus 3 ou 4 anos, é que “Só se podem comer amoras em estado natural, se estivermos nós próprios em estado natural!”
E porquê?
Mas porque será que uma mãe ensina estas coisas a uma criança?
Nada mais nada menos que… por causa das nódoas!!! As nódoas de amora são da coisa mais difícil de tirar da roupa! E fartinha de esfregar as nódoas que teimavam em ficar “coladas” à roupa… Ela muito sabiamente ensinou-me que para se poder comer amoras em estado natural, temos que estar nús!
Ora eu, de tenra idade que era, não entendia muita bem esta regra… mas não me custava nada obedecer-lhe! Cada vez que me apetecia amoras, tirava a roupa e lá ia eu toda contente subir à amoreira para comer umas quantas… e acho que foi também nesta fase que aprendi pintura corporal… sabem lá as coisas magníficas que se podem pintar na barriga e nos braços com o suco de uma amora madurinha acabadinha de apanhar!
A partir de uma certa altura, já nem precisava de lhe dizer que queria comer amoras, bastava aparecer nua que ela já sabia de que assunto se tratava!

Bem, agora provavelmente chegou a altura de contextualizar… eu vivi num monte isolado perdido numa planície em que havia uma grande amoreira a alguns metros da rua da minha casa. As amoras eram fabulosas, de uma cor muito intensa e muito suculentas. A única maneira de poder comer amoras sem ouvir a monumental descasca por causa das nódoas, era subir à arvore nua! Acho que já nessa altura eu era naturista, pois às tantas eu já não sabia se me despia para ir às amoras, ou se ia às amoras para me despir!
Seja como for, gostava das duas coisas… e ainda continuo a gostar…
Não consigo deixar de rir para dentro cada vez que passo num qualquer supermercado ou banca de praça onde estejam amoras à venda, pois penso sempre: “E se me despisse agora aqui para comer umas amorazinhas?”

E acho que foi assim que comecei a ser naturista!

Liliana do blog Jovens pelo Naturismo 

Equipe OS NATURISTAS

Um BLEND para você ficar bem informado em breve aqui.

Sexo em praia nudista pode fechar recanto de naturistas no Reino Unido

Casais que gostam de um pouco mais de animação na praia causam polêmica no Reino Unido

Casais que gostam de um pouco mais de animação na praia causam polêmica no Reino Unido - Getty Images

Naturistas frequentadores de uma praia nudista na cidade de Holkham, na Inglaterra, correm o risco de ter suas atividades liberais proibidas pela polícia em virtude de possíveis atividades sexuais acontecidas no lugar. A polícia local recebeu diversas reclamações de membros do público a respeito de casais fazendo sexo na praia, o que levou até a prisão de um homem.

 No entanto, segundo os naturistas, a culpa não é deles: “Qualquer um que vier para a praia verá que não é assim”, disse Andrew Welch, gerente comercial de um grupo de naturistas britânicos. “Queremos deixar muito claro que este tipo de atividade não é incentivada por nós, que simplesmente vamos a praia para ter um dia divertido no sol, alongar na areia e nos bronzearmos sem nenhuma marca”, acrescentou Welch.

A associação trabalha junto com a polícia para limpar a imagem da praia, como declarou o sargento Andy Smith, da polícia de Norfolk: “Estamos realizando patrulhas na praia com carros e a pé. Contamos com a ajuda dos Naturistas Britânicos”.

Equipe OS NATURISTAS

Um BLEND para você ficar bem informado em breve aqui.

Nudistas irlandeses pedem mais areas para a pratica de naturismo…

A irlandesa,  Naturist Association pediu mais áreas nas praias da Irlanda para ser designadas áreas de nudismo.

 

Em breve será publicado estudo encomendado pela Associação mostra que a insegurança estereotipada irlandês sobre a forma do Homem é tudo evolução.

Está ficando mais fácil para os naturistas no momento. Acho que as atitudes têm suavizado “, disse Pat Gallagher, porta-voz da associação.

“Antigamente quando eu e minha esposa nos juntamos a  Associação Naturista em 1983, você tinha que ser muito secreto sobre o assunto. Agora, é mais comum. Por exemplo, você tinha o artista Spencer Tunick, na Irlanda e milhares de pessoas tiraram suas roupas para suas fotografias. Estamos muito mais relaxado sobre o corpo nu de hoje. ”

O estudo, mostra que os irlandeses da Associação Naturista publicará em breve,  mostra que 88 por cento dos irlandeses que considere o uso de instalações naturista se estivessem disponíveis. Também 82 por cento disseram que apoiariam o naturismo sendo oficialmente reconhecida.

Equipe OS NATURISTAS

Um BLEND para você ficar bem informado em breve aqui.

O próximo verão ficará conhecido…

…como o VERÃO DO NATURISMO!

 

Podem anotar! Em nenhuma outra época o naturismo no Brasil cresceu tanto e ganhou tanto destaque e comentários positivos na mídia. Clubes e praias naturistas ganham cada vez mais adéptos e participantes ocasionais. Cresce cada vez mais o número de jovens e famílias inteiras em ambientes naturistas, sem se falar no nudismo domiciliar, que já era uma tendência mundial e agora tornou-se uma mania nacional.

Viva o Naturismo! Visite um clube ou uma praia reconhecida pela Federação Brasileira de Naturismo.

Se você ainda não se sente confiante o suficiente para expereimentar e viver o naturismo, seja um simpatizante! Divulgue os ideais do verdadeiro naturismo! Converse com os amigos sobre o assunto e, quem sabe, até marque uma viagem para o próximo verão!

Equipe OS NATURISTAS

Um BLEND para você ficar bem informado em breve aqui.

Americanos querem recorde de pessoas nadando nuas

Para atingir o objetivo, serão necessárias mais de 13.000 participantes.

 

Com o objetivo de bater um recorde esquisito e ainda por divulgar o naturismo nos Estados Unidos, alguns americanos peladões querem bater o recorde de pessoas nadando nuas.

A atual marca, segundo o Guinness Book, o Livro dos Recordes, é de 13.648 peladões. Para ajudar a atingir a marca, organizadores do evento acreditam que o forte calor irá colaborar com a adesão de pessoas.

O interessante é que, segundo as regras do Guinness, pessoas de todo o mundo podem colaborar com a causa. Basta estar nu e com água até a cintura, além de contar com a presença de duas testemunhas.

Pessoas do mundo inteiro podem participar da tentativa de novo recorde.

Equipe OS NATURISTAS

Um BLEND para você ficar bem informado em breve aqui.